Amigos

A PAZ DO SENHOR...

Seguidores

Você Está Buscando...

Página Gospel10

Página Gospel+

RSS atualizado do Gospel +. Powered by Notícias Gospel

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Página Dominical

Domingo, 22 de novembro de 2009


Lição 08 - O Pecado de Davi e Suas Consequencias


TEXTO ÁUREO:

E aconteceu que, tendo decorrido um ano, no tempo em que os reis saem para a guerra, enviou Davi a Joabe, e a seus servos com ele, e a todo o Israel, para que destruíssem os filhos de Amom e cercassem Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém” ( 2 Sm 11.1).

VERDADE PRÁTICA:

A resposta à tentação para pecar não é ignorá-la ou ser-lhe indiferente,
mas invocar as promessas bíblicas pela fé em Cristo.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE


2 Samuel 11.2,45,14-17

2 - E aconteceu, à hora da tarde, que Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista.
4 - Então, enviou Davi mensageiros e a mandou trazer; e, entrando ela a ele, se deitou com ela (e já ela se tinha purificado da sua imundície); então, voltou ela para sua casa.
5 - E a mulher concebeu, e enviou, e fê-lo saber a Davi, e disse: Pejada estou. 14 - E sucedeu que, pela manhã, Davi escreveu uma carta a Joabe e mandou-lha por mão de Urias.
15 - Escreveu na carta, dizendo: Ponde Urias na frente da maior força da peleja; e retirai-vos de detrás dele, para que seja ferido e morra.
16 - Aconteceu, pois, que, tendo Joabe observado bem a cidade, pôs a Urias no lugar onde sabia que havia homens valentes.
17 - E, saindo os homens da cidade e pelejando com Joabe, caíram alguns do povo, dos servos de Davi; e morreu também Urias, o heteu.

Subsídio

          A menina entra na sala com seu longo vestido, que se arrasta por trás de seus sapatos de salto alto. O chapéu de abas largas, inclinado para direita, repousa precariamente sobre sua cabeça. Está acompanhada por um “homem”. Pode-se observar as pontas de seus dedos, dentro das mangas do casaco, dobradas por vários centímetros sobre os braços. Arrastando os pés dentro de sapatos duas vezes maiores que eles, seus passos incertos desmentem o sorriso confiante. Quando as crianças brincam, vestem-se tal qual mamãe e papai, depois de prestarem muita atenção ao seu modo de trajar e de caminhar. Modelos... todos nós os temos... pessoas às quais imitamos, pessoas que representam nossos ideais. Talvez, inconscientemente, imitemos seus atos e adotemos suas ideias
          É provável que nenhum dos modelos de bom comportamento mencionados na Bíblia tenha se destacado mais do que o rei Davi. Ao nascer em uma época entre Abraão e Jesus, tornou-se o líder de Deus para todas as tribos de Israel, e o ancestral do Messias. Davi foi um homem segundo o coração de Deus ( 1 Sm 13.14). Quais eram as qualidades pessoais de Davi que agradavam a Deus?
          À medida que lemos o livro de 2 Samuel, que nos conta a história de Davi, ficamos entusiasmados quando o vemos ser coroado rei de Judá, e mais tarde monarca de todas as tribos de Israel ( 2 Sm 5.1-5); quando louva a Deus ao conduzir a Arca da Aliança de volta ao Tabernáculo ( 2 Sm 6.1-23) e exulta ao liderar seus exércitos à vitória sobre todos os inimigos, a fim de concluir a conquista da Terra Prometida, iniciada por Josué ( 8-10). Davi foi um homem de muitas conquistas.
          Porém Davi era um ser humano, e sobrevieram-lhe períodos sombrios em que tropeçou e caiu em pecados. Davi pecou com Bate-Seba e, para encobrir esse pecado, mandou matar o marido dela. Embora os pecados de Davi tenham sidos perdoados, suas consequências permaneceram - Davi experimentou desgraças e aflições, tanto em sua família como em sua nação. Deus está sempre pronto a perdoar, porém devemos conviver com as consequências de nossos atos. Esconder nossos pecados simplesmente multiplica suas dolorosas consequências.
          Davi abandonou seus propósitos de rei e de líder em tempos de guerra. Sua ambição pela prosperidade e pelo conforto levou-o da vitória ao tormento. Por ter cometido adultério com Bate-Seba, sofreu as consequências de seu pecado, que destruíram sua família e sua nação. Não é fácil ler a história de sua luxúria, adultério e assassinato ( 2 Sm 11-13) e esta revela que mesmo os grandes homens, que se esforçam para seguir e obedecer a Deus, são susceptíveis às tentações e ao pecado.
          A santidade não nos dá a segurança de uma vida fácil, que pode ser vivida de um modo descuidado. Davi tinha problemas em sua família – seu próprio filho incitava a nação para que se rebelasse contra o pai e chegou a se coroar rei ( 2 Sm 14.1-18.33). A grandeza pode causar o orgulho, como vemos no ato pecaminoso de Davi ao instituir um censo a fim de se gloriar pelo poder de sua nação ( 2 Sm 24.1-25). Mas a história desse rei caído não termina em tragédia. Através do arrependimento, sua paz e comunhão com Deus foram restauradas, embora tenha sofrido as consequencias dos pecados que cometeu ( 2 Sm 12-20). Estas consequências permaneceram com ele durante toda a sua vida, como um lembrete de seus atos pecaminosos e da necessidade que tinha de Deus.
          A tentação muitas vezes se instala quando a vida de uma pessoa se encontra desprovida de sentido e objetivos. Algumas vezes pensamos que os prazeres pecaminosos e a isenção das limitações impostas por Deus nos proporcionarão uma sensação de vitalidade; o pecado, porém, cria um ciclo de sofrimentos que não compensa os prazeres passageiros que ele oferece.
          Devemos procurar, durante a leitura do livro de 2 Samuel, as características de santidade na vida de Davi – sua fidelidade, paciência, coragem, generosidade, comprometimento e sinceridade ¬– assim como outras características que honram a Deus, como a modéstia e a penitência. A partir de seus pecados e de seu arrependimento, podemos aprender lições extremamente valiosas. Assim como Davi, você também pode se tornar uma pessoa “segundo o coração de Deus”. (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro, CPAD, 2004, pp. 362, 363).


GRAÇA DOMINICAL
        
                                                     Um Pasto Para A Alma

Deitar-me faz em verdes pastos.
SALMO 23.2

          Para que um campo produza fruto, ele deve ocasionalmente ficar sem cultivo. E para ficar saudável, você deve descansar. Diminua a velocidade, e Deus curará você. Ele trará descanso para a sua mente, seu corpo, e, acima de tudo, para a sua alma. Ele lhe conduzirá aos pastos verdejantes.
          Os pastos verdes não eram o terreno natural da Judeia. As colinas ao redor de Belém, onde Davi cuidava de seu rebanho, não eram viçosas e verdejantes. Mesmo hoje são brancas e ressecadas. Qualquer pasto verde na Judeia é o trabalho de algum pastor de ovelhas. Ele limpou a terra irregular e rochosa. Cepos de árvores foram arrancados, e o mato foi queimado...
          Com sua próprias mãos trespassadas, Jesus criou um pasto para a alma. Ele arrancou a vegetação rasteira e espinhosa da condenação. Removeu com dificuldade as enormes pedras do pecado. Em seu lugar plantou sementes de graça e cavou lagos de misericórdia.
           E Ele nos convida a descansarmos ali.( LUCADO, Max. Graça Para o Momento Vol II - 1ª Ed. . Rio de Janeiro, CPAD, 2008 p. 289).


Nenhum comentário:

Resposta de Deus