Amigos

A PAZ DO SENHOR...

Seguidores

Você Está Buscando...

Página Gospel10

Página Gospel+

RSS atualizado do Gospel +. Powered by Notícias Gospel

sábado, 24 de julho de 2010

Profecia e Misticismo

LIÇÃO 4 - PROFECIA E MISTICISMO - 3º TRIMESTRE DE 2010

TEXTO ÁUREO

"Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos que sonhais" (Jr 29.8).

VERDADE PRÁTICA
 Embora o sobrenatural fascine o ser humano, muito do que ocorre, nesse âmbito, não procede de Deus.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Deuteronômio 13.1-5; 18.10-12
Deuteronômio 13
1 - Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti e te der um sinal ou prodígio,
2 - e suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los,
3 - não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos, porquanto o SENHOR, vosso Deus, vos prova, para saber se amais o SENHOR, vosso Deus, com todo o vosso coração e com toda a vossa alma.
4 - Após o SENHOR, vosso Deus, andareis, e a ele temereis, e os seus mandamentos guardareis, e a sua voz ouvireis, e a ele servireis, e a ele vos achegareis.
5- E aquele profeta ou sonhador de sonhos morrerá, pois falou rebeldia contra o SENHOR, vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito e vos resgatou da casa da servidão, para vos apartar do
caminho que vos ordenou o SENHOR, vosso Deus, para andardes nele; assim, tirarás o mal do meio de ti.
Deuteronômio 18
10 - Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro,
11 - nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos,
12 - pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, as lança fora de diante de ti.

SUBSÍDIOS PARA PROFECIA E MISTICISMO

     Além dos anciãos locais, dos sacerdotes, dos especialistas legais que compreendiam a corte suprema, e do rei, Israel tinha outros líderes. Esses incluíam os sacerdotes comuns e os levitas que serviam em pequenos turnos no santuário central (Dt 18.1-8)) e, mais notavelmente, os profetas que serviam como porta-vozes contemporâneos de Deus ao Seu povo. Israel não deveria procurar orientação sobrenatural em fontes ocultas (vv. 9-13), pois Deus não daria nenhuma direção necessária além daquela prevista na Escritura através de Seus profetas (vv. 14-22). O verdadeiro profeta de Deus podia ser reconhecido por três provas: era um judeu (v. 15), falaria em nome do Senhor (v. 20), e o que predissesse certamente aconteceria (v. 22) (RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia. Rio de Janeiro, CPAD, 2005, p. 131).
     Mensagem soteriológica. O ministério mais importante desempenhado por um profeta era a transmissão da mensagem da salvação. Neste particular, cada ministro do evangelho segue os passos dos profetas. Os profetas constantemente advertiam o povo sobre seus pecados, e insistiam para que se arrependessem. Encontramos esses exemplos em Josué exigindo que Israel escolhesse a quem servir (Js 24.15). Moisés ministrou bênçãos e maldições, seguidas de um pedido de arrependimento – que só será finalmente cumprido quando Deus dirigir o povo ao arrependimento na segunda vinda de Cristo (Dt 28.1ss.). Jonas exigiu que Nínive se arrependesse dentro de 40 dias (Jn 3.4). Esdras orou por aqueles que haviam retornado do exílio, para que confessassem seus pecados e abandonassem as esposas estrangeiras (Ed 9.5-10.11). E João Batista exortou Israel a preparar um caminho em seu coração para a vinda de seu Rei (Lc 3.4-6). (Dicionário Bíblico Wycliffe. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 1600).
     O profeta deve ser um canal de bênção para a Igreja e um servo de Deus, e não um adivinho, nem mentiroso, como foram muitos que se diziam profetas nos tempos bíblicos, e que por causa de seus pecados, foram exterminados (Revista Ensinador Cristão, CPAD, nº 43, p. 38).

     O oculto (Dt 18.9-15). Sujeitar-se a práticas ocultas-seja leitura de mão, astrologia, consulta a médiuns, feitiçaria ou magia negra-é aceitar que poderes sobrenaturais podem ser consultados ou manipulados para vantagem do homem. Cada uma dessas práticas é abominação, pois implica reconhecer um poder divergente de Deus. Na comunidade da aliança isso era uma rebelião ativo contra o Senhor. Mesmo para aqueles fora da comunidade da aliança, práticas ocultas eram “detestáveis”, pois elas representavam uma rejeição do que podia ser conhecido sobre Deus através da criação, em favor do demoníaco e do irreal. Essa extrema condenação indica uma rigorosa advertência aos modernos cristãos: que um crente nada tem a ver com qualquer coisa ligada ao ocultismo. (RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia. Rio de Janeiro, CPAD, 2005, p. 131).

Vejamos algumas práticas ligadas ao misticismo:

     Adivinhação. Arte de conhecer por meios sobrenaturais: A adivinhação é comum entre todos os povos em todos os tempos. A ideia é quase universal que certos deuses, ou certos espíritos, têm conhecimento, escondido aos homens, mas que, sob certas condições, esses espíritos ficam prontos a revelar.
     Refere-se a Bíblia a várias maneiras de adivinhar, por meio de:
1. Astromancia, ou astrologia: Arte de adivinhar por meio dos astros, Is 47.13; 2 Rs 17.16; 21.3; 23.5; Dn 2.27. Os livros dos que seguiam artes mágicas (At 19.19) naturalmente incluíam os almanaques e as tábuas de astrologia. Entre as nações somente os judeus foram ensinados a não seguir artes mágicas nem temer aqueles que as exerciam, Is 44.25; Jr 10.2.
2. Belomancia: Arte de adivinhar por meio de flechas. Depois de marcar as flechas, escolhiam uma, ou sacudiam todas até uma cair fora, de modo que satisfazia a informação almejada. Ou ainda julgavam pela maneira de cair a flecha quando lançada para cima. "Pois o rei de Babilônia parará na encruzilhada, para usar de adivinhações, sacode as setas.. ." Ez 21.21(ARA).
3. Hepatoscopia: Arte de adivinhar por meio de inspeção do fígado das vítimas, Ez 21.21. Cada parte do fígado tinha sua própria significação. A ideia baseava-se em que o deus a quem ofereciam o animal em sacrifício, revelasse sua vontade pela forma que dera ao fígado, órgão que consideravam como o centro da vida da vítima.
4. Hidromancia: Arte de adivinhar por meio de água. Deixava-se um objeto de ouro, de prata, ou uma pedra preciosa, cair em uma vasilha de água. O movimento da água ou as figuras resultantes do movimento, que resultavam, eram interpretadas por regras fixas. Ver Gn 44.5.
5. Necromancia: Arte de adivinhar por meio de evocação dos mortos, Dt 18.11. Por meio de espíritos familiares, isto é, espíritos que se podem fazer aparecer por meio de esconjuros, invocações ou exorcismos, Is 8.19; Dt 18.11; 2 Rs 21.6; 1 Cr 10.13: 1 Sm 28.3, 7, 8, 9. Em vez de necromante, é traduzido, também, pitão , ou na forma feminina, pitonisa.
6 . Rabdomancia: Adivinhação por meio de varinha mágica, Os 4.12.
7. Sonhos: Refere-se em Is 65.4 ao costume de adivinhar, dormindo junto às sepulturas dos antepassados, os quais consideravam como deificados. Julgavam o que sonhavam como revelações desses mortos. Ver Dt 13.1-4.
8. Sortilégio: Adivinhação por meio de lançar sortes, Ez 21. 21; Mt 27. 35. Ver 2. Belomancia.
9. Terafim: Imagem de escultura, Gn 31.19; Jz 17.5; 1 Sm 15.23; 19.13, 16(B). O terafim usado para adivinhar, 2 Rs 23.24; Ez 21.21; Zc 10.2. Jacó mandou que seu povo os lançasse fora, Gn 35.2. 1. Josias os aboliu, 2 Rs 23.24.
10. Filhos oferecidos em holocausto: 2 Rs 3.27. É provável que Dt 18.10 se refere a adivinhação por meio do sacrifício dos filhos em holocausto, como era costume entre os fenícios e os cartagineses. Proibido por Deus, Lv 18.21; 20.3 ; Dt 18.10. Deus revela por meios sobrenaturais: Sonhos. Gn. 20.3 ; 37.5-9; Mt 1.21; 2.19; At 2.17: etc. Sinais. Jz 6. 36-40; Mc 16.17, 20; At 2.19; etc. Profecia, At 11.28; etc. Visões, Gn 15.1; 1 Sm 3.15; Dn 2.19; At 2.17; 9.10; etc. Lançar sortes, Lv 16.10; Nm 26.55; Js 7.16; 1 Cr 24.5; At 1.26; etc. A sorte decidida por Deus, Pv 16.33.
     Os desviados, fora da comunhão com Deus, recorrem a Satanás para conhecer por meios sobrenaturais; Saul, 1 Sm 28.6, 7; 1 Cr 10.13; etc. Deus previne repetida, implícita e explicitamente contra o perigo de procurar, de fontes duvidosas e satânicos, conhecer por meios sobrenaturais: CONTRA OS ADIVINHADORES. Os que desvendam o passado, informam sobre o presente e predizem o futuro: Lv 19. 26, 31 ; 1 Sm 28.3-9 com 1 Cr 10.13; etc. CONTRA OS AGOUREIROS. Os que profetizam pela observação de coisas ou por meio de cerimônias supersticiosas: Dt 18.10; 2 Cr 33.6; etc. CONTRA OS ASTRÓLOGOS. Os que predizem o futuro pela observação das astros. Is 47.13; Jr 10.2; At 7.42, 43. CONTRA OS ENCANTADORES. Os que seduzem por artes mágicas. Lv 19.26; 20.6, 27; Dt 18.11; etc. CONTRA OS FEITICEIROS: Êx 22.18; Ap 22.15; etc. CONTRA OS MÁGICOS: Os que evocam ou conjuram espíritos por meio de feitiços ou sortilégios: 2 Cr 33.6; At 19.19; etc. CONTRA OS NECROMANTES. Os que evocam os mortos para os consultar: Dt 18.11; Lv 19.31; 20.6; 20.27; etc. CONTRA OS QUE INVOCAM ESPÍRITOS FAMILIARES: Dt 18.11; 1 Sm 28.3-9 com 1 Cr 10.13; 2 Rs 21.6; Is 8.19; etc. CONTRA OS PROGNOSTICADORES. Os que consultam os astros, as entranhas de animais sacrificados, etc., para predizer o futuro: Dt 18.10; Is 44.25; 47.13. CONTRA OS PITÕES (pitonisas, forma feminina): A palavra Pitão aparece apenas uma vez no original, At 16.16: "Uma jovem que tinha um espírito de adivinhação" que tinha um Pitão, a monstruosa serpente da mitologia, que tinha cem cabeças que vomitavam chamas. As manifestações do espírito que possuía esta jovem eram as mesmas das profetizas, ou pitonisas, em Delfos, inspiror Pitão. Lv 20.27; Dt 18.11; 1 Rs 28.3-9 .

     AGOUREIRO. Pessoa que pretende predizer o futuro, valendo-se de augorio, presságio ou vaticínio, observando o vôo ou canto das aves. Adivinhava pelas nuvens, era a e tratava com médiuns, 2 Rs 21.6 (BOYER, Orlando. Pequena Enciclopédia Bíblica. Rio de Janeiro, CPAD, 2008, p.22, 23, 29).

GRAÇA DOMINICAL
No Princípio...
Nele, estava a vida e a vida era a luz dos homens (Jo 1.4).

          Eu sempre considerei o apóstolo João um sujeito que via a vida de forma simples. “O certo é certo e o errado é errado, e as coisas não são tão complicadas quanto as tornamos.”
          Por exemplo, definir Jesus seria um desafio para o melhor do escritores, mas João dá conta da tarefa com uma analogia casual. O Messias, em uma palavra, era o “Verbo”. Uma mensagem itinerante. Uma carta de amor. Fosse Ele um verbo impetuoso ou um adjetivo carinhoso, Ele era, de forma bastante simples, o Verbo.
          E a vida? Bem, a vida é dividida em duas categorias, luz e trevas. Se você está em uma, não está na outra e vice-versa.
          Alguma outra pergunta? (LUCADO, Max. Graça Para o Momento- Vol. II. 1ª Ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008, p 341).

QUESTIONÁRIO LIÇÃO 4 - PROFECIA E MISTICISMO - 3º TRIMESTRE DE 2010 (Elaborado por Jonilson Barros Caldas)

CLASSE: ____________________________________________________________________
ALUNO: ________________________________________________________ NOTA: _____

1) Embora o sobrenatural fascine o ser humano, muito do que ocorre, nesse âmbito, não procede de Deus. A Palavra do Senhor esclarece que, qualquer experiência antes de ser aceita, deve ser submetida a um exame minucioso da Escritura Sagrada.
Baseado na lição estudada identifique a verdadeira profecia com P e, misticismo com M:
(      ) São práticas repulsivas aos olhos de Deus porque representam uma forma infame de idolatria e demonismo;
(      ) Estas práticas abrangem direta ou indiretamente: magia, astrologia, alquimia, clarividência, tarô, búzios, quiromancia, necromancia, numerologia, levitação, transe etc;
(     ) É a voz de Deus na terra para nortear homens e mulheres no caminho seguro para o céu;
(     ) O objetivo, é o mesmo dos tempos bíblicos: fazer frente à vontade de Deus e ao evangelho de Jesus Cristo, levando o povo ao desvio do único caminho certo;
(     ) Cumprem o propósito de servirem como um norte, "até que o dia esclareça, e a estrela da alva apareça em vosso coração" (2 Pe 1.19);
(     ) Alcançou popularidade, principalmente por causa dos meios de comunicação, os quais fazem a sociedade encarar tudo como se tais práticas fossem naturais, comuns e inofensivas.

2) Sabendo-se que misticismo é uma atitude mental de busca da união íntima e direta do homem com a divindade, baseada mais na intuição e no sentimento do que no conhecimento racional, relacione esta prática repulsiva aos olhos de Deus, com os termos correspondentes:
(a) Agoureiro
(b) Bruxo(a)
(c) Espírito adivinhante
(d) Adivinhador
(e) Encantador
(f) Prognosticador

(     ) Pratica uma antiga arte de predizer o futuro por meios diversificados: intuição, explicação de sonhos, cartas, leitura de mão, etc.;
(     ) É aquele que pratica mágica, vaticínio, presságio, prognóstico e tenta prever o futuro por meio de sortilégios;
(     ) Pratica uma forma de magia especializada em tentar predizer males e desgraças;
(     ) O termo hebraico traduzido em nossas versões denota "amarrar" alguém por meio de mágica. É o praticante de macumba, de despacho etc.;
(     ) A palavra hebraica usada, na ARA (Almeida Revista e Atualizada), tem sentido abrangente: médium, espírito, espírito de mortos, necromante e também mágico (Lv 19.31; 20.6; Is 8.19; 29.4);
(     ) É o praticante da magia negra que visa fazer o mal. Chegou ao seu apogeu na Idade Média. Hoje, são apresentadas, pela mídia, como heroínas belas para as crianças e adolescentes.

3) Coloque V para verdadeiro e F, para falso:
(     ) Profecia é a tendência para a união espiritual íntima com seres espirituais tenebrosos;
(     ) Uma das formas mais simples de avaliação de um falso profeta é o conteúdo de sua mensagem;
(     ) O reformador alemão, Martinho Lutero, dizia com razão que o Diabo é o maior imitador de Deus;
(     ) As práticas ocultistas e esotéricas, tentam imitar a profecia bíblica. Elas são demoníacas, portanto, condenadas pela Palavra de Deus;
(     ) É possível alguém operar milagres da parte do Senhor e, ao mesmo tempo, adotar uma teologia contrária à Bíblia;
(     ) Mesmo com a queda do homem no Éden, o Senhor nunca deixou de se comunicar com as suas criaturas racionais. Através dos patriarcas, reis, sacerdotes e profetas, Ele revelou a si mesmo e se propôs a habitar no meio do seu povo.

4) Relacione as colunas de acordo com leitura diária:
( a) Gn 41.8                                      (      ) A enganação dos magos continua ainda hoje
(b) Êx 8.18                                       (      ) Rabdomancia feita pelo espírito de luxúria
(c) Dn 2.2-5                                     (      ) A Bíblia condena toda forma de prática divinatória
(d) Ez 21.21                                     (      ) O fracasso dos sábios adivinhadores
(e) Os 4.12                                      (      ) A antiga falácia dos magos e astrólogos
(f) Lv 20.27                                     (      ) Hepatoscopia praticada por Nabucodonosor

5) Complete de acordo com a revista:
Cada crente em _________ deve ser sóbrio e _____________ diante da atual avalanche de _______________ e práticas disseminadas no ____________ atual. Os _______________ de opinião apresentam tais coisas como ______________, mas aos olhos de Deus são uma ___________________ . Nós temos a _____________, o Senhor _____________ Cristo e o Espírito ___________, portanto, deixemo-nos ser _________________ e ensinados pelo _____________________.

Questionário elaborado por Jonilson Barros Caldas
O gabarito do questionário pode ser solicitado pelo e-mail: jonilsonb.com.br@hotmail.com


compartilhe esta postagem com seus amigos

Nenhum comentário:

Resposta de Deus